Curiosidades sobre Lag Baomer

  • Contagem numérica em hebraico

O sistema numérico hebraico é bem parecido com o romano que conhecemos bem. As unidades vão de Alef (1) até Tet (9). As dezenas vão de Iud (10) até Tzadik (90). As centenas vão de Kuf (100) até Tav (400). Depois dos 400, é considerada a soma das letras de centenas. Para milhares, são utilizadas as unidades com trema.

Para demonstrar que o símbolo está sendo utilizado como um número, é utilizado um acento ( ' ) à esquerda do número.

Quando são várias letras representando um só número, utiliza-se 2 acentos ( " ) entre as duas últimas letras.

Lag = 33 → לַ״ג‬   

  • Festa em Meron

Meron é uma cidade no Norte de Israel onde Rabi Shimon Bar Iochai foi enterrado. Todos os anos, em Lag Baomer, milhares de pessoas viajam para a cidade para celebrar em volta das fogueiras, com muita alegria em meio ao luto do Omer.

  • Alfarrobeira no judaísmo

A alfarrobeira é uma árvore típica do Oriente Médio que aparece diversas vezes na tradição judaica.

No Talmud ela aparece em um conto sobre um jardineiro que planta a árvore, que só crescerá 70 anos depois e, portanto, não verá seus frutos. Porém, mesmo assim, as planta para que a próxima geração usufrua.  

Em Lag Baomer, a árvore deu frutos para que Rabi Shimon Bar Iochai sobrevivesse com seu filho dentro de uma caverna, por 13 anos.

  • Preto Ícone Snapchat

(11) 3818-8867

Avenida Doutora Ruth Cardoso, 1000 - Jardim Paulistano, São Paulo - SP, 01455-000, Brasil

©5780/2019 por Centro Juvenil Hebraikeinu. Chazak Ve'ematz!