(Texto desenvolvido em 1990 - para ser apresentado à diretoria da Hebraica)

Ideologia

Aspecto Filosófico Institucional


Estimular a interação e a integração dos jovens através de um evento, no geral, é fácil. Mas se constitui um enorme desafio fundar um movimento baseado no trabalho de desenvolvimento educacional comunitário e social, fundamentalmente, incorporando conteúdos judaicos para facilitar o educando a identificar-se com suas raízes e sua instituição.


Para este grandioso desafio em um Centro Comunitário do tamanho da Hebraica de São Paulo, que tentou por três vezes criar centros juvenis sem obter (infelizmente) continuidade no tempo, acho necessário cuidar e aprofundar aspectos relevantes como:


a) Equipe de voluntários e profissionais gabaritados tecnicamente e identificados espiritualmente com a causa;

b) Elaborar uma proposta resultante de pesquisas das necessidades e expectativas dos

associados e não intuitiva;

c) Seleção de conteúdos consequentes a nossas metas ideológicas;

d) Atingir um publico alvo, gradativamente razoável, sabendo que deverá competir

sadiamente com outros existentes, oferecendo a alternativa de enriquecimento da convivência judaica de primeira qualidade;

e) Assinar um custo para o associado acessível massivamente para que não seja obstáculo para a participação;

f) Introduzir metodologias de trabalho modernas, de avançadas técnicas e altamente atrativas para os destinatários;

g) Criar um centro juvenil que permita-nos, como dirigentes da Hebraica, orgulhar-nos

por sua capacidade intrínseca educativa-judaica e respeitando valores universais

como: a livre expressão, a sensibilidade social, o amor, a solidariedade, a família e etc.


Entendo que, para esse projeto, em um contexto comunitário um tanto apático e de pouco compromisso, precisaremos de muito entusiasmo, convicção e garra, principalmente para criar o hábito, progressivamente, "nas famílias, mesmo que tenhamos que nos dirigir a elas uma por uma.


Por último, o nome sugerido Hebraikeinu - Nossa Hebraica -, seria mais uma forma de liderar um projeto ideológico vivencial, refletindo sua identidade para o próprio nome.

Objetivos Direcionais

O Centro Juvenil Hebraikeinu é filiado ao Movimento Maccabi e carrega consigo os
seguintes aspectos ideológicos:

 

a) Promover a continuidade judaica;

b) Desenvolver o espírito crítico e educativo do jovem;

c) Facilitar a interação e a integração dos chanichim (Grupo Social);

d) Estimular a atitude de investigação e capacitação permanente;

e) Proporcionar um ambiente dinâmico judaico, baseado em conteúdos específico e

valores universais (chaguim e outros);

f) Estimular a livre expressão, habilidade motora e artística (esportes, artes, teatro,

musica e dança);

g) Proporcionar conhecimentos e vivencias que ajudem ao chanich identificar-se com

seu passado histórico, entender o presente e questionar-se (pertinência ao povo

judeu

h) Sentir amor e interessar-se por Israel como um Estado que lhe pertence;

i) Possibilitar o contato com a natureza e a revalorização da mesma (ecologia);

j) Promover a identificação do jovem com sua instituição e fortalecer o vinculo com a

mesma;

k) Por ser um projeto que faz parte da Hebraica, caracteriza-se pelo seu pluralismo e

apartidarismo.

Para este grandioso desafio em um Centro Comunitário do tamanho da Hebraica de São Paulo, que tentou por três vezes criar centros juvenis sem obter (infelizmente) continuidade no tempo, acho necessário cuidar e aprofundar aspectos relevantes como:

 

a) Equipe de voluntários e profissionais gabaritados tecnicamente e identificados espiritualmente com a causa;

b) Elaborar uma proposta resultante de pesquisas das necessidades e expectativas dos

associados e não intuitiva;

c) Seleção de conteúdos consequentes a nossas metas ideológicas;

d) Atingir um publico alvo, gradativamente razoável, sabendo que deverá competir

sadiamente com outros existentes, oferecendo a alternativa de enriquecimento da convivência judaica de primeira qualidade;

e) Assinar um custo para o associado acessível massivamente para que não seja obstáculo para a participação;

f) Introduzir metodologias de trabalho modernas, de avançadas técnicas e altamente atrativas para os destinatários;

g) Criar um centro juvenil que permita-nos, como dirigentes da Hebraica, orgulhar-nos

por sua capacidade intrínseca educativa-judaica e respeitando valores universais

como: a livre expressão, a sensibilidade social, o amor, a solidariedade, a família e etc.

 

Entendo que, para esse projeto, em um contexto comunitário um tanto apático e de pouco compromisso, precisaremos de muito entusiasmo, convicção e garra, principalmente para criar o hábito, progressivamente, "nas famílias, mesmo que tenhamos que nos dirigir a elas uma por uma.

 

Por último, o nome sugerido Hebraikeinu - Nossa Hebraica -, seria mais uma forma de liderar um projeto ideológico vivencial, refletindo sua identidade para o próprio nome.

Áreas a serem trabalhadas


a) Cognitiva

b) Psicomotora

c) Sócio-afetiva

d) Ecológica

Líderes do projeto

Perfil desejado:

a) Profissionais preferencialmente formados ou cursando as áreas de educação.

b) Madrichim - idade mínima de 17 anos, identificando com a instituição e com a

comunidade.

c) Coordenação - Profissional da área humanística sendo judeu e identificado com as

tradições e os valores judaicos

d) Direção geral - assessoramento e controle pelo Diretor Geral.

Atividades Extraordinárias

a) Passeios ecológicos e culturais;
b) Acantonamentos;
c) Machanot;
d) Viagem ao exterior de intercâmbio com outras instituições.

Palavras Finais


Educar é acreditar veemente no futuro.


A Hebraica, Nossa Hebraica, HEBRAIKEINU cresce educando.


Juntos e somente juntos, pode-se criar um projeto com sustentação ideológica-educativa organizada e, fundamentalmente, contínuo, para que possamos alcançar uma das metas institucionais mais importante que é melhorar a qualidade de vida judaica

  • Preto Ícone Snapchat

(11) 3818-8867

Avenida Doutora Ruth Cardoso, 1000 - Jardim Paulistano, São Paulo - SP, 01455-000, Brasil

©5780/2019 por Centro Juvenil Hebraikeinu. Chazak Ve'ematz!