Yonatan Netanyahu

Nascido em 13/03/1946 em NY filho de Benzion e Cela, que trabalhavam na NZO (New Zionist Organization) e irmão de Iddo e Bibi Netanyahu (atual primeiro ministro), Yonatan se mudou diversas vezes entre Israel e EUA devido ao trabalho de seus pais.

  Yoni sempre foi um menino esperto e dedicado se destacando academicamente e nos esportes, além disso, foi eleito presidente do conselho estudantil e foi um líder escoteiro muito ativo ainda como criança.

Com 18 anos, Yoni se mudou para Israel para fazer o alistamento obrigatório. Por se destacar e passar pelos treinamentos com relativa facilidade, foi levado para a escola de treinamento de oficiais, onde se graduou em primeiro da sala e passou a comandar uma tropa de paraquedistas.

Assim que os anos de serviço obrigatório terminaram, Yoni passou em literatura e filosofia em Harvard, mas teve de continuar em Israel por mais um tempo pois foi mobilizado a lutar na Guerra de Suez que havia estourado a pouco tempo. Para salvar um colega no campo de batalha, levou um tiro no cotovelo e desmaiando na linha de frente.

Assim que a guerra acabou, Yoni casou-se com Tuti e começou seus estudos em Harvard até perceber que seu lugar não era lá e voltou para Israel, onde estudou na Universidade Judaica de Jerusalém cursando matemática e filosofia.

Apesar de Yoni estar em Israel, ele sentia que precisava fazer mais, e como o exército estava precisando de oficiais experientes Yoni decidiu se alistar na Sayeret Matkal (unidade de comando de elite no exército de israel) na qual seu irmão Bibi era veterano, foi aceito e o comandante mudou-o de unidade para a Sayeret Haruv para ganhar experiência, ele voltou para a Sayeret Matkal onde ganhou o posto de comandante.

Yoni participou de diversas operações e da Guerra do Yom Kippur, mas sua operação mais conhecida foi o resgate de Entebe, quando ele criou um plano de resgate e teve de apresentar e convencer Shimon Peres e Yitzhak Rabin (na época ministro de defesa e primeiro ministro respectivamente) a aprovarem tal operação.

A operação foi um sucesso e apenas quatro dos 106 reféns foram mortos. Porém Yoni também faleceu ao tomar um tiro no peito no meio do combate ao proteger o avião com os reféns. Yoni foi enterrado no Monte Herzl, junto com os heróis do exército e os primeiros ministros de Israel e em seu funeral, mais de mil pessoas compareceram.

  • Preto Ícone Snapchat

(11) 3818-8867

Avenida Doutora Ruth Cardoso, 1000 - Jardim Paulistano, São Paulo - SP, 01455-000, Brasil

©5780/2019 por Centro Juvenil Hebraikeinu. Chazak Ve'ematz!